domingo, 8 de Novembro de 2009

Cromoterapia na decoração da sua casa

A cromoterapia joga com os efeitos produzidos pelas diferentes ondas de luz no cérebro e nas células do corpo para produzir sensações e aliviar os sintomas de patologias.cromoterapia
VERMELHO O seu efeito vitalizante estimula a circulação e por isso a oxigenação das células. Assim, revela-se útil para combater a apatia e a depressão, estimular a cura e a cicatrização, metabolizar gorduras e acelerar a reprodução das células. Em excesso, pode causar irritação.

LARANJA É a cor da alegria que ajuda a dissipar o desânimo, a insegurança e a falta de vontade. A energia desta cor não é excitante como a do vermelho. Estimula o aparelho respiratório e digestivo.

AMARELO Associada à manhã, esta cor estimula o raciocínio e a criatividade e reduz a tensão nervosa. Surte também efeito nos sistemas circulatório, respiratório e digestivo, embora de forma menos duradoura.
VERDE No centro do espectro cromático, o verde promove o equilíbrio, a harmonia e a serenidade. É usado para equilibrar corpo e mente, combatendo o stress e as dores de cabeça e melhorando a pressão arterial.

AZUL Alivia as perturbações nervosas pelo seu efeito apaziguador. Está indicado contra doenças inflamatórias, dores agudas e para tratar a hipertensão, taquicardia e palpitações.

ANIL/ÍNDIGO O seu efeito é semelhante ao do azul, mas é usado para grandes crises de ansiedade e inflama- ções. Acredita-se ainda que favorece a ligação entre os hemisférios do cérebro, equilibrando a lógica e a intuição.
VIOLETA Promove a sensação de liberdade e combate neuroses. É a cor da desintoxicação e da saúde dos tecidos celulares.
BRANCO A cor da pureza e do poder que reflecte todo o espectro, capaz de despertar diversos estados de espírito. Exalta o efeito das restantes cores. Preto Absorve todas as cores sem reflectir nenhuma, pelo que é de evitar.
(fonte: www.maximainteriores.xl.pt )

1 comentário: